Pular para o conteúdo principal

Postagens

Instalando impressoras no Ubuntu 20.04!

  Caso o Ubuntu exiba uma mensagem de que não foi encontrado o driver para sua impressora, abra um terminal e digite o seguinte comando: sudo apt-get install printer-driver-gutenprint Tente instalar novamente.
Postagens recentes

Ativando módulo Rewrite do Apache2!

   O Apache2 precisa do módulo Rewrite ativo para que as reescritas com o .htaccess funcionem. Para isso, abra um terminal e digite: ls /etc/apache2/mods-available | grep rewrite Se aparecer rewrite.load , o módulo está instalado, bastando apenas ativá-lo. Para ativar, digite no terminal: sudo a2enmod rewrite && sudo systemctl reload apache2.service

Alterando sistema de autenticação do usuário root no mysql!

   Por padrão, o usuário root vem com sistema de autenticação auth_socket e não permite que você faça pelo phpmyadmin, MySQL Workbench por exemplo, mas é simples corrigir isso. Abra um terminal e digite o seguinte comando: $ sudo mysql -p Insira sua senha de usuário do computador e depois a senha do usuário root do mysql. Após feito isso, acesse o banco de dados do mysql: $ use mysql; E agora digite o seguinte comando para alterar o padrão de autenticação para mysql_native_password. Lembrando de trocar 'your_new_password' por sua senha de root; $ ALTER USER 'root'@'localhost' IDENTIFIED WITH mysql_native_password BY 'your_new_password';

Convertendo jogos para .chd no Ubuntu!

     Caso queira deixar suas roms de Playstation com um tamanho menor, pode usar apenas uma linha de comando, caso utilize linux.      Para isso, abra um terminal e digite o seguinte comando: $ sudo apt update && sudo apt install mame-tools -y     Após instalado, entre no diretório da rom e procure por um arquivo com a extensão .cue. Agora digite no terminal: $  chdman createcd -i nomedarom.chd -o nomenovodarom.chd      Altere para o nome original da rom

Verificando o tempo de suporte do Ubuntu e seus derivados!

  Para verificar o tempo de suporte do Ubuntu 20.04 em diante, abra um terminal e digite o seguinte comando: $ ubuntu-security-status Em versões anteriores à 20.04, use o comando: $ ubuntu-support-status Para mais informações, visite o link  https://ubuntu.com/about/release-cycle

Aplicando permissões 755 para pastas e 644 para arquivos de modo recursivo!

Quando estamos desenvolvendo na nossa máquina local, é normal dar a permissão 777 para conseguirmos salvar os arquivos nas pastas. Mas isso dá problema quando subimos para o servidor de hospedagem, pois os arquivos precisam ter a permissão 644 e as pastas com 755, por motivos de segurança. Então aqui vai uma dica de como devolver as permissões antes de subir os arquivos. Abra um terminal e digite o seguintes comandos: Para os arquivos $ sudo find /var/www/html -type f -exec chmod 644 {} \; Para as pastas $ sudo find /var/www/html -type d -exec chmod 755 {} \; Agora adicione os comandos $ sudo chown -R www-data:www-data /var/www/html E o último, para adicionar seu usuário ao grupo www-data $ sudo adduser $USER www-data Créditos:  vivaolinux

Dando permissão de escrita e leitura no diretório /var/www/html do Ubuntu!

Quando estamos desenvolvendo algum sistema web que utiliza o servidor apache, precisamos salvar no diretório / var/www/html , mas por padrão, ele não deixa salvar a não ser que seja root. Para consertar isso, basta digitar o seguinte comando no terminal: $ sudo chmod 777 -R /var/www/html Lembrando que isso é somente no ambiente de desenvolvimento. Não faça isso em produção.